Dia-a-Dia
31 dez 2015 • Por Giu Menezes

E que venha 2016!

Enfim, mais um 31 de dezembro. Mais um daqueles momentos em que paramos para pensar em tudo que aconteceu em nosso ano e julgamos se foi um ano bom ou ruim. Eu, sinceramente, quase nunca consigo classificar meu ano em uma dessas duas categorias, porque são 365 dias de coisas novas, são 12 meses cheios de coisas boas e gostosas e também com alguns maus momentos que fazem parte. Nenhum ano é 100% isso ou aquilo.

É verdade que 2015 foi um ano mais complicado quando falamos no contexto geral: nossa política está cada vez mais vergonhosa e isso levou a uma crise econômica como não era vista há muito tempo. Mas também foi o ano em que resolvemos contestar mais, brigar mais por nossos direitos e isso inclui os protestos pacíficos nas ruas contra a corrupção, a exposição das mulheres em divulgar os assédios que sofrem diariamente e antes ficavam caladas, a defender nossos princípios sem ferir o próximo. Não foi pouca coisa.

Tem gente que não liga muito para a virada do ano, que acha que é só mais um dia no calendário, mas eu sempre gostei do momento do Réveillon – para mim sempre foi mágico, sempre foi uma oportunidade de pensar nas direções que quero seguir e acho que o início de um novo ano me dá uma nova perspectiva, mas claro, isso vai de pessoa para pessoa. Eu gosto de sentir a magia que a expectativa de um novo ano traz e pensar em novas maneiras de agir, de pensar, de correr atrás do que eu quero e de aprender a aceitar quando as coisas não saem como eu pretendia. Acho que a cada ano a gente evolui sim, e sempre tem novas coisas para aprender.

2016

Eu sempre faço uma listinha de metas ou desejos para o próximo ano e não poderia ser diferente nesse dia. Vim aqui compartilhar com vocês, para ver se dessa forma eu mesma me cobro mais para cumpri-las, porque chega um momento que a gente sempre larga mão, não é mesmo?

Então, para 2016 eu desejo:

1. Conseguir um emprego nos 3 primeiros meses do ano. Com a crise, coisas aconteceram, vagas foram fechadas e muitas pessoas acabaram em casa (no caso, eu também).

2. Buscar novos assuntos e conteúdo para o blog. Tem muita coisa que eu quero compartilhar com vocês aqui, mas quero sempre procurar maneiras diferentes para ficar mais interessante e não cair na mesmice. Se tiverem sugestões, por favor, me contem! 🙂

3. Fazer um curso de mídia digital ou de edição de imagens (ou um curso relacionado à minha área de trabalho assim que o número 1 for cumprido).

4. Desenvolver a ideia de gravar vídeos para o blog. Aqui é mais um desejo do que uma meta mesmo, porque eu tenho que trabalhar principalmente minha parte psicológica para aparecer em frente a uma câmera haha.

5. Continuar fazendo minhas caminhadas de 2 a 3 vezes por semana. Eu sempre começo, faço por um tempo e paro por mais tempo ainda. Não quero deixar isso acontecer dessa vez!!

6. Participar de uma caminhada com arrecadação beneficente. Tem várias, e vou me informar sobre isso 🙂

7. Manter meu peso entre 57 e 57,5kg. Uma atenção quanto a isso: não é questão que tenho que emagrecer porque estou gorda ou algo do tipo (ainda quero falar sobre esse assunto), mas a verdade é que eu não posso ficar pesada por conta da prótese. Ela foi feita sob medida para mim e isso inclui sim um peso ideal, porque senão pode prejudicar a durabilidade dela.

8. Ter uma rotina alimentar mais saudável. Eu não sou de comer muita besteira durante a semana, mas fins de semana acabam sendo minha perdição. Não que eu vá parar com todas as coisas gordinhas, mas preciso dar uma maneirada também.

9. Marcar a data do casamento e começar a planejar. Aqui também é mais um desejo, porque para isso uma série de coisas precisam ser resolvidas antes. Coloquei aqui porque quem sabe assim não temos um gás maior para resolver essas pendências, ou pelo menos deixá-las encaminhadas 😉

10. Fazer pelo menos uma viagem, mesmo que em um feriado ou fim de semana. Já que provavelmente não terei férias porque pretendo voltar a trabalhar em 2016, gostaria de fazer uma viagem curtinha, só para poder relaxar mesmo! Não fiz isso em 2015 por conta da situação mais apertada, mas vou planejar bonitinho!

11. Gastar menos com besteiras. Sou consumista, admito. Compro por impulso, admito. Tenho que parar com isso, eu sei.

12. Tirar meus dentes do siso. No final de janeiro vai fazer um ano que fui na minha dentista e ela falou que eu precisava arrancar porque eles irradiavam dor para meus outros dentes, mesmo eu tendo os 4 do siso e não terem entortado minha arcada dentária. Como vocês podem imaginar eu enrolei durante um ano para fazer isso…

13. Me concentrar mais para ser mais paciente com as pequenas coisas. Canso de dizer para mim mesma que o que é óbvio para mim pode não ser para o outro. Só preciso aplicar mais isso 😀

14. Ler mais. Ok, parece que não preciso, mas só tenho lido bastante ultimamente porque estou em casa, né? Quando voltar a trabalhar, quero me organizar para não deixar os livros de lado!

Espero que daqui um ano quando eu voltar nesse post eu consiga ter cumprido todas essas metas! Ou pelo menos uns 80%… Veremos 😉

Queria aproveitar e desejar pra todos vocês um Feliz Ano Novo! Que 2016 seja mais lindo, mais iluminado, menos complicado e cheio de amor e coisas boas para vocês e suas famílias! Obrigada por começarem a me acompanhar por aqui, é muito gostoso escrever e ter essa troca de ideias! Que em 2016 a gente consiga se encontrar mais, mesmo que virtualmente (e por que não pessoalmente também?)!

Um grande beijo! =)