Os destaques do blog
Moda e Beleza
26 maio 2016 • Por Giu Menezes

Mãos e pés: hidratantes para eles também!

Continuando com a nossa série de hidratantes potentes para o inverno (tem post sobre cuidados básicos aqui, hidratantes faciais aqui e corporais aqui!), nossas mãos e pés também merecem cuidados e atenção especiais. As extremidades do nosso corpo são as que mais sofrem com o tempo, além do rosto, porque né, você precisa das mãos para quase tudo e os pés nos aguentam o dia inteiro pra lá e pra cá! Então, mais uma seleção de produtinhos para você escolher e cuidar do seu corpo!

Hidratante para mãos:

hidratantesmaos_01

Polpa Hidratante para Mãos e Unhas Castanha Ekos, da Natura: claro que eu só poderia começar com o meu preferido. A castanha oferece hidratação para a pele e fortalecimento para as unhas. Eu adoro esse porque é o único que eu realmente consigo usar em qualquer época do ano, porque ele não deixa pegajoso, combate bem o ressecamento e descamação constante das minhas mãos e me dá uma sensação maior de conforto. Ah, e para mim só funciona o de castanha mesmo! Comentei um pouco mais aqui e aqui. No site da Natura por R$34,20 a versão de 75g, e R$21,60 a nova embalagem de 40g.

Nativa SPA Creme para Mãos Exótico Ameixa, de O Boticário: eu, particularmente, não gosto da textura dele, mas minha mãe ama, então achei que valia comentar. Promete hidratação prolongada até 30h (que eu não sei como funciona considerando que você lava as mãos durante o dia…) e rápida absorção. No site da marca por R$26,09, 75g.

Creme para as Mãos Amêndoa, da The Body Shop: nunca usei, mas eu gosto da marca, então imagino que deve ser bom haha. Contém óleo de amêndoas e manteiga de karité na composição, que contribuem para a hidratação das mãos e unhas. No site da The Body Shop, por R$46,00 a versão de 100ml, e R$26,00 a versão de 30ml.

Creme para Mãos Touch the Sky Bombom de Baunilha, da Produtinhos da Beauty: já comentei sobre a versão corporal dessa linha no outro post e, apesar de não ter testado esse, acho que vale estar na lista pelo cheirinho bom (meus critérios são realmente muito válidos, né? hahaha). Falando sério, gostei que na composição dele tem óleo de girassol, que previne o envelhecimento e também FPS15, já que aposto que todo mundo aí também esquece de passar protetor solar nas mãos! No site da The Beauty Box, por R$19,90, 50g.

Hidratante para pés:

hidratantespes_01

Ureadin Podos Gel Oil, da Isdin: não é tão conhecido, mas é o que eu uso. Estava sofrendo demais com meus pés descamando e machucando, então pedi ajuda para a atendente na Droga Raia, que foi onde comprei. Contém alantoína, pantenol, manteiga de karité e ureia que contribuem para uma alta hidratação, mas sem deixar pegajoso. Absorvido rapidamente devido a ser um gelzinho. Gostei muito – no começo usava todo dia até recuperar o aspecto saudável da pele dos pés, mas agora só quando sinto necessidade mesmo, ou em dias que vou pra piscina. Encontrei na Droga Raia aqui em Atibaia por R$53,99, 75ml.

Gel para Pés e Pernas Cansadas, da Granado: já ouvi falar muito desse produto, o que me desperta curiosidade. Com óleo de menta, ajuda na circulação dos pés e pernas após um dia intenso, além de provocar sensação de relaxamento e hidratar. No site da Granado, por R$27,50, 120g.

Creme de Hidratação Intensa Para os Pés Hortelã, da The Body Shop: menta, hortelã geralmente são compostos que ajudam a relaxar e dão uma sensação de alívio, por isso muitos cremes para pés vem com eles na composição. Esse da The Body Shop ajuda ainda com pés muito ressecados, que sofrem bastante com o dia-a-dia no frio. No site da marca, por R$47,00, 100ml.

Creme de Pés Watch Your Step Bombom de Baunilha, da Produtinhos da Beauty: com pantenol, manteiga de karité e óleo de abacate, esse creme promete dar um power de hidratação nos seus pés e ainda acabar com aquele aspecto ressecado. Por R$22,90, 50g no site da The Beauty Box.

Algumas dicas:

hidratantesmaoepe_01

Meus escolhidos!

*Os cremes para pés que contém menta ou hortelã são melhor aproveitados se utilizados à noite, pois ajudam a relaxar e aumentam a circulação – além de agirem durante o sono.

*Tem vez que creme nenhum dá conta, então o velho Bepantol ou pomada semelhante ajudam demais! Misturo na mão com o creme que vou utilizar e já espalho os dois.

*Outra coisa que costumo fazer muito é hidratar as cutículas com o Bepantol também, já que eu não tiro as minhas. Passo sempre depois de tirar o esmalte e lixar e toda vez à noite que sinto que estão secas. Pode espalhar com os dedos e já espalha pra mão ou pode passar só nas cutículas mesmo com a ajuda de um pincel pequeno (tipo de boca!)

Quais cremes e dicas para hidratar pés e mãos você costuma usar? Me conta aqui embaixo!

Beijos! =)

Livros
25 maio 2016 • Por Giu Menezes

Cidade das Cinzas, de Cassandra Clare

Essa resenha contém spoilers do primeiro livro da série. Para ler sobre Cidade dos Ossos, o livro 1, clique aqui.

cidadedascinzas_01

Cidade das Cinzas é o segundo livro da coleção Os Instrumentos Mortais e o livro do meio da primeira trilogia. Ou seja, já fomos apresentados a tudo que acontece na série, mas ainda não é o desfecho – um livro angustiante pra caramba! haha

cidadedascinzas_04

Sinopse

Então Clary descobriu que além de ter a Visão, ela mesma descende de uma família de Caçadores de Sombras e pode se tornar uma se assim desejar. Ela só quer ter uma vida normal e ficar perto de Simon, seu melhor amigo, mas a verdade é que sua mãe ainda está em um coma que ela mesma se colocou; Valentim, o Caçador de Sombras que está armando um plano contra os Nephilim pode ser o único capaz de ajudar a acordar Jocelyn. Ah sim, ele também é o pai de Clary e Jace – situação que ela achou extremamente surpreendente considerando os sentimentos que vinha nutrindo pelo garoto… Podia esperar qualquer coisa, mas Jace ser seu irmão?

cidadedascinzas_02

Tudo isso em um período de tempo tão curto que Clary não sabe lidar. Quando ela acha que vai ter respostas, mais perguntas surgem e Jace não está fazendo nada para ajudá-la a passar por essa fase – pelo contrário, ele está tão decidido a descontar sua raiva em quem quer que seja que a Clave passa a considerá-lo suspeito de ajudar seu pai, o temido Valentim.

É um livro definitivamente muito tenso e angustiante. A primeira vez que li, julguei algumas atitudes da Clary que considerei bem estúpidas, mas na segunda, fez muito mais sentido ela agir como agiu. Quando você lê as partes de Jace também entende algumas ações dele, ainda que possam ser injustificáveis. A linha tênue entre o Conclave de Nova York para proteger seus filhos e as decisões que eles tomam e o Conselho da Clave se torna cada vez mais fina, prestes a dividir os Caçadores entre si. Clary descobre que o desejo de ter uma família completa pode não ser tão bom assim, afinal, com um pai como Valentim, o que mais ela pode esperar? E por que a mãe não acorda?

cidadedascinzas_03

Mais uma vez, Cassandra Clare consegue te levar para um mundo de fantasia situado em pleno século XXI, no qual as rotinas com os seres mágicos são tão comuns que os sentimentos das personagens se sobressaem em relação à história. Simon começar a ganhar mais peso nesse livro, e eu adoro isso, porque ele é demais, hahaha. São 404 páginas divididas em três partes também. E apesar de os capítulos serem longos, não dá vontade de parar. Passar quatro horas lendo direto é super fácil e você nem se dá conta!

Não vou dizer que foi um dos livros que mais gostei de ler, porque não seria justo com os demais da Cassandra! haha Alguém aí já leu? O que achou?

Beijos! =)